Amlinorte busca união de esforços

A política do Litoral Norte é uma colcha de retalhos, pois os interesses locais se sobrepõem ao regional, de tal forma que a Associação dos Municípios do Litoral Norte (Amlinorte) acaba bastante esvaziada, apesar do seu esforço pela união das prefeituras em torno de projetos, programas e ações.
Chama a atenção que o município de Santo Antônio da Patrulha integre também e de forma realmente efetiva a Granpal, o Consórcio dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre. A terra da rapadura e do sonho, através dos seus dirigentes, vê a Amlinorte com pouco interesse, já que sua meta é engajar-se e integrar-se à Região Metropolitana, buscando projetos mais abrangentes e com mais recursos.
VOTO É O QUE INTERESSA
Outro problema da Amlinorte é o medíocre debate que desenvolve. Certa vez um prefeito que lá estava desocupado e matando tempo me cobrou por uma notícia, irritado pois teria parecido que eu estava torcendo para a vitória do seu adversário durante a campanha eleitoral. Atitude ridícula e pequena deste mandatário. Depois não sabem por que as sessões da Amlinorte ficam tediosas e pouco prestigiadas, inclusive pelos próprios prefeitos.