Torres tem vida o ano inteiro

Como será a relação dos municípios do Litoral Norte com os governos de Eduardo Leite (PSDB) e Jair Bolsonaro (PSL)? A primeira constatação é que o PDT regional perdeu espaço na Assembleia Legislativa, já que Ciro Simoni sequer concorreu à reeleição. Ganha pontos o MDB que continuará com Alceu Moreira na Câmara Federal e Gabriel Souza na Assembleia.
Desponta no Litoral a capacidade econômica de Capão da Canoa, onde a construção civil conseguiu driblar a crise e segue forte com muitas realizações. O que falta à região é a melhora da sua infraestrutura, pois precisa ser qualificada sua rede viária, inclusive a ponte Tramandaí-Imbé. Na saúde segue o drama do Hospital de Osório, vítima da politicagem e da falta de visão.
Tramandaí, Cidreira, Torres, Capão da Canoa e Xangri-Lá têm vida durante todos os meses do ano, não apenas na temporada de veraneio. O Governo do Estado precisa investir mais nestas cidades, na segurança pública, saúde, transporte e educação.
O Réveillon passou e agora vai ocorrer o chamado veraneio de final de semana, com grandes fluxos de chegada à região na sexta e sábado, com aquela romaria de retorno no domingo e segunda. Mais um motivo para se incentivar a autonomia dos municípios litorâneos, com serviços e até indústrias que não sejam poluentes.